Não fui cuidadoso quando entrei na Deep Web

TRADUÇÃO: SIGMATERROR

A Deep Web é uma das coisas mais incríveis do mundo. Não é por causa das coisas doentias que podemos encontrar lá, mas porque é uma visão completamente sem censura das pessoas. Você pode falar o que pensa; comprar o que quiser; fazer o que quiser; na Deep Web você tem liberdade total.
Desde que descobri, fiquei fascinado pela Deep Web e o que vou contar agora, aconteceu quando eu estava na faculdade. Muitos colegas do meu campus haviam acessado a Deep Web. Era quase uma tendência. Com tantos conhecidos navegando por lá, me parecia seguro eu também navegar e descobrir sobre as coisas que acontece lá.

Agora eu sempre ouvi também histórias de terror da Deep Web, histórias de pirataria, tropeços em sites de desgosto e até mesmo as pessoas que de alguma forma encontram seu endereço. Estas histórias foram as que me manteve fora da Deep Web, mas como a maioria das pessoas na minha faculdade usavam de um computador normal, eu decidi tentar. Eu perguntei a um amigo para me ajudar a configurar. Quando ele chegou, abriu meu notebook e começou a configurar tudo.

Ele me disse que estávamos usando o Thor, um navegador que permite que você acesse a Deep Web.
Ele também me perguntou  se eu estava pensando em fazer alguma coisa ilegal, eu respondi que não.




Ele falou que se fosse o caso eu precisaria instalar um programa chamado Tails, que aparentemente torna mais seguro a navegação caso queira acessar algo ilegal.
Um pouco mais tarde, tudo estava configurado. Eu tinha o meu novo endereço de IP, e meu amigo me deu um breve resumo do que e o que não fazer.

Após cerca de duas semanas navegando na Deep Web, eu ja me sentia como um profissional. Eu tinha acessado vários sites diferentes, conversado com pessoas fascinantes, fiz alguns amigos e até comprei algumas sementes de maconha pra plantar. Eu tinha me tornado arrogante e estava pronto para cavar mais fundo na Deep Web.

Eu desliguei o modo de censura do wiki e comecei a pesquisar. Demorou um pouco, principalmente porque o Thor fica um pouco lento e muitos dos links levavam para paginas invalidas. Eventualmente eu tropecei em um endereço onion chamado “Todo o gore”.

A principio era uma sala de bate papo com diversos temas. Eu tinha um estomago bastante forte e já tinha visto muitos filmes violentos, decapitações, assassinatos e etc. pela internet normal. Depois de olhar algumas salas de bate papo, percebi o quão doentio esse site era. As pessoas nestas salas de chat eram verdadeiros assassinos, comentando sobre  algumas coisas que tinham feito. Na sala você também pode postar fotos, um homem com o apelido de “Cultura 045” estava meio que dando uma palestra em uma dessas salas.

Ele estava explicando em detalhes como ele tinha quebrado a casa de alguém, sequestrado uma menina e como brutalmente matou seus pais, escondendo-se sob a cama de em seguida abrindo suas gargantas. Ele levou a menina para sua casa, estuprou, espancou e a cortou. Eu não achava que ele estava dizendo a verdade, mas depois ele postou as fotos. Estas foram as imagens mais horríveis que eu já tinha visto. A menina devia ter entre 8 e 10 anos, sendo brutalmente estuprada, espancada e cortada com uma faca.

Cultura 045 postou mais fotos, nessas eram a menina, amarrada a uma cadeira, sangrando, chorando, vomitando etc. Depois ele mostrou uma foto dele com um broca e perfurando o crânio da menina. A parte mais assustadora é que, enquanto ele fazia isso, ele olhava para câmera... Com alegria em seu rosto.
Eu já tinha visto o suficiente, então digitei na janela de bate papo:
“Vocês são doentes! Merecem Morrer! Como vocês conseguem dormir a noite?”

Imediatamente todos lá começaram a tirar sarro de mim, dizendo que eu era “Apenas um impotente e ignorante como a menina nas fotos”, e que eu deveria “sair da parte mais legal da internet” eles começaram e me xingar, e logo depois o Cultura 045 digitou algo no chat.

Ele disse: Sério? Onde você mora amigo? Tenho certeza que todos adorariam ver você neste site.

Então eu cometi o maior erro da minha vida e digitei; “Eu vou chamar a policia e fazer esse site ser fechado” menos de um minuto depois uma nova janela de bate papo se abriu sozinho. Nele alguém chamado “Administrador 1” digitou para mim: “Chame a policia e você vai se arrepender” Eu não respondi nada e estendi a mão para meu celular. O que aconteceu me assombra até hoje.

Meu celular dizia que eu tinha uma nova mensagem, eu abri e ela dizia: “Chame a policia, e você estará morto” Não havia número, ele ao menos mostrava “número desconhecido” apenas estava em branco. Olhei para meu notebook e vi a luz da minha web cam ligada. Eu rapidamente cobri, mas eu vi na tela, uma foto minha, olhando para meu celular.

Eu congelei por um momento quando o administrador digitou novamente: “Largue seu telefone e descubra a webcam. Eu coloquei meu telefone para baixo, mas mantive a web cam coberta, quando ele digitou novamente. “Ok, então seja como quiser” logo depois ele postou meu nome completo, minha idade, endereço e no chat ele digitou: “Seria uma pena se você ou alguns de seus amigos da faculdade desaparecesse, não seria”? Agora descubra sua web cam” Eu então fiz o que ele disse.

Ele me pediu para seguir algumas instruções para que fosse impossível eu chegar nesse site novamente. Segui todos os passos, quando terminei tinha uma nova mensagem:  “Agora não se atreva a voltar” como antes, não havia nenhum numero. Eu ainda chamei a policia do telefone de meu amigo, mas eles nunca foram capazes de encontrar o site.

Se alguma vez você ir na Deep Web, saiba que não há apenas coisas interessantes a se explorar. Eu era um miúdo estupido da faculdade, e só espero que ninguém cometa os erros que cometi. Mudei para uma casa diferente e mudei todas minhas informações, mas eu ainda tenho pesadelos sobre aquele dia.


Eu fui descuidado quando entrei na Deep Web (part2)


Há alguns dias atrás eu postei aqui sobre minha terrível experiência sobre a Deep Web, mas saibam que aquilo não foi tudo.

Eu estava extremamente abalado com que tinha acontecido, a policia tentou rastrear o website, mas desde que não havia nenhuma maneira deles recuperar o histórico de navegação e eu tinha encontrado aquele site clicando em links aleatórios. A policia me disse para mudar todas minhas informações e ir morar com algum amigo. Depois de alterar todas minhas informações pessoais, decidi morar com meu amigo David. David era um cara trabalhador e extremamente honesto. Ele nunca ia as festas do colégio, não bebia, não dirigia em alta velocidade e era muito dedicado a terminar a faculdade.

Na verdade, ele era um dos poucos miúdos que eu conhecia na época que não estava interessado em navegar na Deep Web. Eu tive que lhe contar tudo sobre minha experiência na Deep Web, isso principalmente porque ele me aceitou para morar junto com ele. Uma noite nos dois estávamos estudando até tarde, quando meu telefone tocou. Eu olhei para ver quem tinha me enviado a mensagem. Não tinha número, como da ultima vez. Dizia: “Verifique seu computador” não havia mais nada, apenas essa simples instrução. Eu abri meu notebook e quando fiz, notei que eu não tinha o controle do mouse.

Tentei mover, mas o mouse tinha acabado de se mexer por conta própria! Alguém tinha acesso remoto do meu computador. Eu nunca permiti acesso remoto a ninguém antes, eu tentei um monte de comando no teclado, mas nenhum funcionou. Notei que quem tinha o acesso remoto do meu notebook, fazia um download de um programa, provavelmente algum malware, mas não havia nada que eu pudesse fazer.

Ouvi novamente meu telefone tocar e desta vez a mensagem dizia: “Olhe pela janela” Eu estava sentado junto a uma janela, eu não sabia se ele se referia a janela do programa ou a janela na parede então eu olhei para fora e vi um homem no estacionamento, encostado em uma van branca. Ele tinha um celular em sua mão esquerda e quando olhei para ele, ele acenou a cabeça. Meu telefone tocou novamente. “Digite e segure a merda de alt + F5 a mesmo tempo para ativar o programa” Eu liguei para David vir ao meu quarto ver o que estava acontecendo. Ele parecia tão nervoso quanto eu. David ligou para a policia e eles disseram que estariam aqui em breve. Eu não me atrevi a ativar o programa, apenas sentei na mesa do computador.

Eventualmente outra mensagem chegou: “Eu estou indo até você se você não ativar esse programa agora!”

Eu não sei porque ele, ou a pessoa no controle do meu computador não podia ativar o programa, mas eu não me atrevia a perguntar. Ao mesmo tempo porém, eu estava 99% certo que seria algum vírus espião ou algo que seria destrutivo para meu computador, então me recusei a ativa-lo.

David pegou um taco de baseball caso o homem do lado de fora tentasse entrar. Cerca de 5 minutos depois ouvimos o giro da maçaneta da porta. Ela estava trancada, mas em seguida ouvimos as batidas na porta. Nós dois nos assustamos, eu olhei para fora da janela novamente. Com certeza, o homem e a van tinha ido embora. Mas as batidas na porta ficavam cada vez mais violentas, até que finalmente ouvimos um som horrível da arranhões. Durou mais alguns minutos e então ouvimos os passos caminhando para fora do corredor e eventualmente desaparecer. Eu recebi outra mensagem. “Nós voltaremos”

Isso realmente me pegou de surpresa, quando os policiais chegaram me disseram para olhar para minha porta. Segui-os de volta para o corredor e vi gravado na posta meu nome... A policia começou a investigar todo o edifício e chamaram um policial hacker para verificar meu computador. Ele começou a fazer varredura e investigar o programa estranho no notebook. Eventualmente ele conseguiu fecha-lo e remove-lo e me disse que meu notebook não é seguro. Também disse que os arquivos do núcleo podem ter sidos hackeados ou corrompidos. Fizemos uma limpeza completa no computador e ele olhou meu celular. Como da ultima vez, ele não poderia me dizer de onde as mensagens vieram e me disse que durante alguns dias alguns policiais estarão nas proximidades caso isso aconteça novamente.

No dia seguinte, eu tinha acabado de chegar da escola e estava muito cansado. David não estava em casa ainda, fui para meu quarto e cai na cama. Eu tinha apenas começado a fechar os olhos quando ouvi um ruído no meu armário. Eu levantei minha cabeça para ouvir novamente, mas não ouvi nada então voltei a dormir. Depois de alguns minutos a porta do meu armário se abriu. Saltei da cama e vi um homem com uma mascara andando até mim. Corri pela porta e bati com ele atrás de mim. Corri para fora do estacionamento, em direção ao meu carro e fui embora o quão rápido quanto podia.
Só voltei depois que a policia foi chamada, o homem ja tinha ido, nada no apartamento foi destruído ou roubado. Esta noite dois policiais estavam monitorando todos que entravam ou saiam do edifício a fim de capturar o homem.

Eu abri meu notebook e percebi que meu papel de parede tinha mudado. Era apenas um monte de arvores mas foi alterada para uma imagem doentia de um homem com uma mascara, a mesma mascara que vi no homem que estava no meu armário, cavando uma faca no olho de um bebê no que parecia ser uma cabana. Notei tambem que todos meus arquivos e programas  tinham sidos removidos e vi apenas o mesmo programa da ultima vez. Eu cliquei sobre ele, ele ja havia sido instalado. O programa rodou em tela cheia e o que parecia uma livestream estava acontecendo. Eu não podia fechar e a live estava mostrando a imagem de um menino de uns 13 ou 14 anos mexendo em seu computador.

Não demorou muito para eu perceber que eu estava assistindo através de sua web cam e ele não fazia ideia.
Eu vi uma caixa de bate papo em um pop-up no canto superior direito da tela, e nele alguém digitou. “Sejam bem vindos a uma verdadeira Live do terror, estamos contentes por estarem aqui, Ah, Obrigado John por estar aqui também”. Meu olhos se arregalaram, Meu nome é John, e eles estavam esperando até que eu estivesse assistindo para iniciar essa Livestream.

Enquanto eu olhava, vi que a porta do armário atrás do pobre rapaz se abriu bem devagar, e um homem saiu com uma caixa de ferramentas em uma mão. Ele calmamente colocou a caixa de ferramentas no chão e tirou um pouco de fita adesiva. Ele foi atrás da criança o agarrou com força e colocou fita adesiva em sua boca. O rosto do pobre garoto era de meto total, ele tentou gritar, mas não conseguia, eles estavam fazendo uma quantidade razoável de barulho por isso percebi que o garoto devia estar sozinho em casa.

Já aviso que o que vou descrever agora é conteúdo NSFW, se você estiver ouvindo isso em lugar publico ou com parentes por perto, acho melhor usar fones de ouvidos para não ser constrangedor.

Eu tentei de tudo para fechar, mas não conseguia, então vi o homem tirar uma chave de fenda e conduzi-lo até o peito do garoto. O sangue começou a derramar e o garoto parecia nem estar com a fita na boca pois um grito de dor agoniante atingiu  meus ouvidos. Eu vi lagrimas em seus olhos quando este homem doente apertava a chave de fenda cada vez mais e mais profunda e depois arrancou. O homem então pegou um martelo e quebrou as mãos do garoto varias vezes ates que elas eram nada mais de que um monte de carne mutilada. Eu tentei todos os comandos para sair, mas nada estava funcionando. Notei que na caixa de bate papo várias pessoas estavam torcendo para o homem e pedindo para ele fazer coisas diferentes para o menino.

O homem pegou uma serra elétrica portátil, pressionou contra o rosto do menino e ligou. O menino gritou de dor quando a serra atingiu seu olho jorrando sangue por todo lado, inclusive um pouco na web cam. Eu comecei a derramar lagrimas pelo o que eu estava assistindo ao vivo. O Homem tirou uma faca grande e começou a arrancar a cabeça do garoto com cortes profissionais em sua garganta. Eu estava mal, Vomitei por todo o chão e quando olhei de volta para o computador, vi na caixa de bate papo as pessoas digitando coisas horriveis como “ fap fap fap” ou “Oh meu deus, isso é tão maravilhoso, obrigado por salvar minha noite entediante” etc. Na caixa eu vi que alguém chamado Cultura 045 digitou. “Obrigado por assistir John” depois disso o programa se fechou por conta própria e eu fiquei com aquele papel de parede doentio. Eu estava suando, respirando pesado e me sentindo mal.

Ao longo de tudo isso nem percebi que meu telefone tinha varias mensagens. Eram mensagens de ódio vindo de meus amigos a família! Perguntei a minha mãe o que havia de errado, ela me mandou uma mensagem de volta. “Você mandou aquele link de uma livestream doentia e perturbante para todos! Eu não posso acreditar que você assiste uma coisas dessas! Você me da nojo! Eu chamei a policia!”

Eu me senti ainda mais mal do que antes. Esses monstros que enviaram a livestream para todos meus amigos e de alguma forma se passando por mim. Eles praticamente arruinaram minha vida em poucos minutos.
Quando a policia chegou, eu disse a eles tudo o que tinha acontecido e rapidamente eles conseguiram explicar a todos os meus amigos e familiares o que tinha acontecido.
Eles realmente reprimiram a encontrar os responsáveis, e um mês depois, quatro homens foram presos. Um era o Administrador 1 e o outro era o Cultura 045 e os outros dois trabalhavam com eles. O local foi encontrado e tiraram aquele endereço onion do ar.

Eu poderia terminar este meu relato com alguns clichês de horror dizendo que continuei recebendo mensagens ou que coisas estranhas aconteceram depois, mas nada disso aconteceu. Eles foram presos, nunca mais fui perturbado novamente. É bom saber que esses homens estão na cadeia ou talvez até mesmo mortos, Mas o que me assusta é todas as outras pessoas que assistiram a livestream, que estavam la por prazer, eles ainda estão soltos por ai, e provavelmente há milhares de outros como o Cultura 045 pelo mundo todo.

Se alguma vez você for entra na Deep Web, faça um favor a você mesmo, não procure por coisas que possam te abalar, ou destruir seu psicológico, não cometa os mesmos erros que eu e saiba que nunca, nunca você estará tão seguro quanto pensa que está.

Nenhum comentário:

Postar um comentário